Criação do Comitê Científico Consultivo do Instituto Autismo & Vida

Criação do Comitê Científico Consultivo do Instituto Autismo & Vida

O Instituto Autismo & Vida cria Comitê Consultivo e Científico, conforme informa em nota publicada em seu portal:

 “2 de Abril. Dia Mundial de Conscientização do Autismo. O Instituto Autismo & Vida aproveita essa importante data para tornar pública a criação de seu Comitê Científico Consultivo.

O comitê foi criado na expectativa de possibilitar uma maior atenção ao nosso público-alvo e a toda comunidade.

Queremos agradecer a cada um dos membros nomeados (abaixo a resolução) que previamente aceitaram o encargo, pessoas que muito nos honram de estar caminhando ao nosso lado, na busca da informação qualificada e da atenção especial à pessoa com Autismo e aos familiares e profissionais.

Breve, o comitê terá aprovado seu regulamento interno, o qual será amplamente divulgado.

Instituto Autismo & Vida”

Logotipo PNG reduzido (2)

* * *

Acompanhe o Prof. Medina no Twitter e no Facebook

Para notas comparativas entre o CPC/1973 e o projeto do novo CPC, veja o livro Código de Processo Civil Comentado – com remissões e notas comparativas ao projeto do novo CPC.

Conheça a coleção Processo Civil Moderno.

* * *

RESOLUÇÃO N° 001/2013 – Conselho Deliberativo
Nomeia os membros do Comitê Científico Consultivo do IAV
e dá outras providências

O DIRETOR-PRESIDENTE DO INSTITUTO AUTISMO & VIDA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias – considerando a decisão tomada na Assembleia Especial de 02 de março p.p. pela unanimidade dos membros do Conselho Deliberativo da Entidade – e considerando:

a) a criação do Comitê Científico Consultivo (Resolução n° 001/2012), aprovada pela unanimidade do Conselho Deliberativo;

b) a necessidade de formatação e instalação do Comitê Científico Consultivo, consideradas as necessidades da Entidade;

c) a necessidade de que a Entidade receba o mais breve possível o aporte de conhecimento técnico para a consecução de seus princípios e objetivos estatutários;

d) a necessidade de responder, com atendimento imediato, a inúmeras consultas que chegam à Entidade de acadêmicos e de estudantes em nível de pós-graduação sobre o autismo e suas especificidades, bem como o aperfeiçoamento da entidade em atender a essas demandas;

RESOLVE:

Art. 1º – Nomear como membros do Comitê Científico Consultivo –, órgão permanente de assessoramento superior vinculado à gestão do Conselho de Administração do Instituto Autismo & Vida –, os seguintes profissionais (por área de atuação e em ordem alfabética; art. 3° da Resolução n° 001/2012):

a) área da medicina:

– Carlos Amin Nunes de Jacob Gadia, MD
Médico Neurologista
Diretor Médico, ONG Autismo & Realidade
Diretor-Associado, Dan Marino Center – Miami Children’s Hospital
Professor Assistente (voluntário), Departamento de Neurologia
University of Miami Miller School of Medicine
Professor Adjunto, Departamento de Neurologia,
Herbert Wertheim College of Medicine – Florida International University

– Ricardo Halpern
Professor Associado da UFCSPA e ULBRA
Doutor em Pediatria pela UFRGS
Pós Doctoral Fellow em Pediatria do Desenvolvimento e Comportamento pelo Child Development Institute – UNC – Chapel Hill
Presidente do Departamento de Pediatria do Desenvolvimento e Comportamento da Sociedade Brasileira de Pediatria

– Rudimar Riesgo, MD, MSc, PhD
Médico Neurologista Infantil
Chefe da Unidade de Neurologia Infantil (HCPA – UFRGS)
Professor de Pediatria e Neurologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

b) área da psicologia:

– Cleonice Alves Bosa
PhD em Psicologia pela Universidade de Londres
Professora Adjunto do Instituto de Psicologia – Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
Coordenadora do NIEPED -Núcleo de Estudos e Pesquisas em Transtornos do Desenvolvimento

c) área da biologia:

– Alysson Renato Muotri, PhD
Professor da Faculdade de Medicina da Universidade da Califórnia, USA
Departamentos de Pediatria e de Medicina Celular e Molecular Rady Hospital das Crianças
Programa de Células-Tronco

– Vivian Missaglia
Bacharelado em Ciências: Habilitação – Biologia (UNISINOS)
Especialização em Toxicologia Aplicada (PUCRS)
Mestrado em Ciências Médicas: Pediatria (UFRGS)
Especialização em Educação Especial e Educação Inclusiva (UNINTER)
Curso de Atendimento Educacional Especializado (FADERS)
Capacitação em Políticas de Acessibilidade e Direitos Humanos (FADERS)
Professora Universitária de Cursos de Pós-Graduação na área da Educação e da Saúde.
d) área da educação e das práticas de inclusão

– Claudia Soares Zirbes
Graduação em Farmácia e Bioquímica (UFRGS)
Especialização em Psicopedagogia (IERGS – em andamento)
Dedica-se à pesquisa na área de autismo no campo da intervenção.

– Fausta Cristina Pádua dos Reis
Graduação em Pedagogia )Universidade Federal de Uberlândia/MG)
Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional (UNIMINAS).
Destacada atuação como palestrante, na área do Autismo, para pais e profissionais.

– Marie Dórion
Graduação em Relações Públicas (Faculdades Alcântara Machado/SP)
Dedica-se em estudar o autismo e as várias formas de intervenção (métodos e terapias)
Destacada atuação como palestrante, na área do Autismo, para pais e profissionais.

– Renata Costa de Sá Bonotto
Graduação em Letras – Inglês (UFRGS)
Especialização em Educação à Distância (Universidade Católica de Brasília)
Mestre em Linguística Aplicada (UFRGS)
Doutorado em Informática na Educação (UFRGS – em andamento)
Dedica-se à pesquisa envolvendo autismo, linguagem e aprendizagem, formação de professores e tecnologias educacionais.

e) área dos direitos humanos/ciências jurídicas/políticas públicas.

– Andréia Marin Martins
Mestranda em Políticas Públicas e Especialista em Gestão do Desenvolvimento Local, formada no Programa Delnet, do Centro Internacional de Formação da Organização Internacional do Trabalho – OIT, em parceria com a Escola Superior de Formação de Pessoal das Nações Unidas – UNSSC, em Turim, na Itália.
Formação no Banco Inter Americano de Desenvolvimento – BID, em Logical Framework Approach – LFA e Monitoring and Evaluation. Partner Fellow da Fundação Rockefeler.
Presidente do Instituto de Desenvolvimento Sustentável, ONG com ações de defesa dos direitos humanos, bem como dos direitos da criança e adolescente.

– Joaquim Júlio de Proença Sigaud
Professor e Socioeducador com longa e destacada experiência como operador do Direito da Criança e do Adolescente.
Pós-Graduado em Direito da Criança e do Adolescente
Especialização em Gestão de Política Pública e 3º Setor.
Palestrante reconhecido nos temas do Protagonismo juvenil, Organização do 3º Setor e Trabalhando em Rede: uma forma de trabalho colaborativo entre Governo, Sociedade Civil e Empresas.
Diretor Nacional da Criança e do Adolescente do Instituto de Desenvolvimento Sustentável, ONG com ações de defesa dos direitos humanos, bem como dos direitos da criança e adolescente.

– José Miguel Garcia Medina
Mestre e doutor em direito (PUCSP).
Professor titular na Universidade Paranaense e professor associado na Universidade Estadual de Maringá.
Advogado com atuação em todo Brasil.

– Julio Cesar Finger
Bacharel em Direito (FURG).
Mestre em Instituições de Direito do Estado (PUCRS).
Professor colaborador do Programa de Pós-Graduação da FMP.
Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul

f) área da bioquímica

Carmen Juracy Silveira Gottfried
Graduação em Farmácia (UFSM)
Mestrado em Bioquimica (UFRGS).
Doutorado em Bioquimica (UFRGS)
Professora adjunta IV da UFRGS, ministrando disciplinas para o curso de graduação em Biomedicina.
Orientadora nos Programas de Pós-Graduação em Ciências-Biológicas: Bioquímica (conceito 7) e Neurociências (conceito 4).
É consultora ad hoc de agências de fomento e revisora de períodicos da área. Coordenadora do Grupo de Pesquisa em Plasticidade Neuroglial, GP-PNG (www.ufrgs.br/png).
Possui colaboração com pesquisadores de instituições nacionais e internacionais (Australia, Itália e Cuba).
Tem experiência na área de Bioquímica, com ênfase em Neuroquímica, atuando principalmente nos seguintes temas: 1. Espectro do autismo, com enfoque em pesquisa clínica, em modelo animal e em cultura de células neurais. 2. Produtos naturais e neuroproteção. 3.Neuroimunomodulação. 4. Bioquímica quântica de fármacos e alvos biológicos. Índice H = 20.

Art. 2° – Nomear, como presidente do Comitê Científico Consultivo, a membro RENATA COSTA DE SÁ BONOTTO (art. 3°, Parágrafo 1°, da Resolução n° 001/2012).

Parágrafo 1° – A função do presidente do Comitê Científico Consultivo – em caráter transitório e até que seja aprovado o respectivo Regulamento Interno – é, inicialmente, de âmbito representativo-organizacional, tendo como responsabilidade precípua atuar como facilitador dos trabalhos, não havendo qualquer hierarquia entre membros e áreas de atuação, tendo como principais atividades as seguintes:

a) porta-voz do Comitê e canal de comunicação entre os membros do Comitê e a Entidade e entre o Comitê e a sociedade;

b) articulador de assessoramento superior – ouvido(s) previamente o(s) membro(s) do Comitê, observada a respectiva área de atuação – ao Conselho de Administração da Entidade;

c) organizador e administrador quanto às demandas recebidas pela Entidade de caráter técnico-acadêmico-profissionais e relacionadas aos seus objetivos institucionais;

d) articulador do Regulamento Interno do Comitê, aprovado, posteriormente, pela maioria simples de seus membros;

Art. 3° – O trabalho exercido pelos membros é de caráter voluntário, descabendo quaisquer tipos de remuneração e/ou honorários por essa atividade, nem mesmo verba de caráter indenizatório.

Art. 4º – Esta Resolução entra em vigor no dia de hoje, quando é considerada publicada.

Porto Alegre, 02 de abril de 2013; 3º ano do Instituto Autismo & Vida; 6º ano do Dia Mundial de Conscientização do Autismo; 7° ano da Convenção Internacional sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência.

PUBLIQUE-SE. REGISTRE-SE. CUMPRA-SE.
Marcelo Ribeiro Lima
Diretor-Presidente

Via Instituto Autismo & Vida.

 

Anúncios

Uma opinião sobre “Criação do Comitê Científico Consultivo do Instituto Autismo & Vida

  1. Professor e demais, membros, recebam meus cumprimentos pela iniciativa. Minha irmã é Autista, tem 34 anos e conhecemos bem as dificuldades de encontrar (no Recife) profissionais das mais variadas áreas médicas que possam atender pacientes com Autismo. Ficaria feliz de poder participar e ajudar de qualquer forma. Sou doutoranda em Direito Público (Faculdade de Direito de Coimbra). Podendo colaborar de qualquer forma, seria uma alegria. E desejo prosperidade de ações ao Grupo! Maria Lygia Koike.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s