Teoria das cargas probatórias dinâmicas e prova negativa (TJPR, ApCív. 1034291-7)

O Tribunal de Justiça do Estado do Paraná aplicou a teoria das cargas probatórias dinâmicas para determinar que cabe ao réu a prova de inexistência de relação jurídica em ação declaratória de inexistência de relação cambial. Aqui, íntegra do acórdão.

decisao4

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s