Advogada de Maringá monta mesa com quitutes para moradores de rua

Gazeta do Povo, por Gesli Franco

A mesa é farta. Tem quitutes para todos os gostos: bolo formigueiro, salgadinhos assados e fritos, biscoito recheado, frutas, sucos e refrigerante. Na parede, um cartaz explica: “Este é um carinho natalino para você que está sem condições de ter uma mesa posta! Sirva-se! Feliz Natal”. A ação foi criada há dois dias por uma advogada de Maringá, no Noroeste do estado, que diz preferir manter o anonimato por entender que a atitude é um gesto de humanidade.

Em entrevista à reportagem da Gazeta do Povo, ela diz que não quer ser identificada por uma simples razão. “Eu só pretendia proporcionar um momento bonito às pessoas. Não faz sentido um gesto humano se tornar espetáculo”, enfatiza a advogada, que já foi catequista e é envolvida com projetos sociais no município.

* * *
Acompanhe o Prof. Medina no Twitter e no Facebook

Folheie as obras do Prof. Medina: 
CF Comentada 
CPC Comentado
Código Civil comentado

Processo Civil Moderno, volumes 1, 2, 3 e 4 
* * *

A mulher explica que o trabalho só foi possível graças à ajuda dos funcionários do escritório onde ela atua. Todos colocaram a mão no bolso e contribuíram. Pelo menos duas vezes ao dia, eles fazem a reposição dos alimentos. “Vi uma senhorinha parando. Tomou o lanche e seguiu. Senti vontade de chorar. A intenção se cumpriu”, comenta.

Na rua, a bonomia tem sido admirada. A mesa foi montada em frente a uma imobiliária. Silvio R. Iwata é um dos donos do local e conta que no primeiro dia, os moradores de rua ficaram receosos, mas, logo depois, se serviram.

“É um gesto fantástico. O que mais chama a atenção, é que os mendigos só pegam o que vão comer, não levam nada com eles. Param, comem e seguem”, afirma o empresário, que diz compreender o motivo da advogada não querer se expor. “Isso não deveria ser ovacionado, deveria fazer parte do cotidiano.”

Um pacote de guardanapos fica ao lado dos alimentos. Um pouco mais adiante, uma lata de lixo foi colocada para depositar os papéis usados. E o recipiente tem cumprido a função. Quem come, joga o lixo no lixo, garante Iwata.

Fonte: Gazeta do Povo

Anúncios

Uma opinião sobre “Advogada de Maringá monta mesa com quitutes para moradores de rua

  1. Este gesto em dadas proporções, correspondem a atitude do PAPA FRANCISCO, que ontem convidou moradores de Rua para tomar o café da manhã com Ele. Nisso se cumpre o Sonho de Ouro de Jesus Cristo, Mimar os pequinos, os pobres e necessitados. Muito digna atitude.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s