O Plano Nacional de Educação (PNE) e a docência no Brasil

DW- Deutsche Welle

A falta de docentes e interessados em seguir a carreira de magistério é um problema evidente no Brasil. Apesar de existir mais de dois milhões de professores, há carência de educadores nas áreas de exatas, química e inglês.  Baixa remuneração, instabilidade no emprego, desrespeito por parte de alunos e falta de plano de carreira são apontados como os principais motivos pela ausência de interesse dos jovens em seguir esta profissão.

* * *
Acompanhe o Prof. Medina no Twitter e no Facebook

Folheie as obras do Prof. Medina: 
CF Comentada 
CPC Comentado
Código Civil comentado

Processo Civil Moderno, volumes 1, 2, 3 e 4 
* * *

Para especialistas é necessário que haja a criação de um plano de carreira nacional, resultando em um processo de valorização do professor. Corroborando com esse entendimento, encontra-se em votação no Congresso Nacional o Plano Nacional de Educação (PNE). O projeto visa nivelar o salário dos docentes com a média salarial de ocupações de nível superior e também criar planos de carreira em todos os municípios.

Leia a íntegra da matéria aqui.

Fonte: DW – Deutsche Welle 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s