Prudência é maior qualidade do juiz, diz Papa a magistrados

Canção Nova, por Jéssica Marçal

Em encontro com membros do Conselho Superior da Magistratura italiana, o Papa Francisco manifestou seu reconhecimento ao serviço prestado pelos juízes.

“A certeza do direito e o equilíbrio dos diversos poderes de uma sociedade democrática são resumidos no princípio da legalidade através da qual o juiz opera.”

O Papa elencou ainda as características que um juiz deve ter, tendo em vista a importância do seu papel decisivo na sociedade. Trata-se de qualidades intelectuais, psicológicas e morais, sendo a prudência um fator dominante.

“É uma virtude de governo, uma virtude para levar as coisas adiante, a virtude que inclina a ponderar com serenidade as razões de direito e de fato que devem estar na base do julgamento. Terá mais prudência se tiver um elevado equilíbrio interior, capaz de dominar as pressões provenientes do próprio caráter, das próprias visões pessoais, das próprias convicções ideológicas”.

 

Leia a notícia na íntegra aqui.

 

Fonte: Canção Nova

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s