Parlamento Francês passa a reconhecer os animais como “seres vivos com sensibilidade”

ANDA, por Alex Avancini O parlamento francês reconheceu recentemente, os animais como seres sencientes, ou seja, capazes de sentir prazer e dor. O projeto de lei foi elaborado por uma ONG francesa de proteção aos animais, e traz nova redação ao artigo 528 do Código Civil, no qual os animais eram definidos como propriedade pessoal. A … Continue lendo Parlamento Francês passa a reconhecer os animais como “seres vivos com sensibilidade”