OAB vai recorrigir questão do 9º Exame de Ordem

OAB vai recorrigir questão do 9º Exame de Ordem

Notícia publicada no site Estadão informa que candidatos do 9º Exame da Ordem dos Advogados terão suas avaliações recorrigidas. Decisão veio depois de dúvidas suscitadas por candidatos após a divulgação do gabarito da peça profissional na área Constitucional.

Eis a notícia na íntegra:

Candidatos do 9º Exame de Ordem terão suas avaliações recorrigidas por conta de dúvidas sobre uma questão por surgidas após a divulgação do gabarito da prova prático-profissional, de segunda fase, na área Constitucional. Um dos itens, que tratava da garantia de proteção à vida, pedia que o candidato indicasse, entre outras coisas, qual medida judicial cabível – candidatos e professores de Direito exigiam que fosse considerada a resposta  “mandado de segurança” como opção correta.

“O argumento apresentado pela banca era equivocado. Entramos com recurso, pleiteando que a organização do Exame acatasse outra peça (mandado de segurança) como resposta”, explicou a professora Direito Constitucional Nathalia Masson, do cursinho LFG. “Praticamente 70% optaram pelo mandado de segurança. é uma vitória dos alunos.”

* * *

Acompanhe o Prof. Medina no Twitter e no Facebook

Para notas comparativas entre o CPC/1973 e o projeto do novo CPC, veja o livro Código de Processo Civil Comentado – com remissões e notas comparativas ao projeto do novo CPC.

Conheça a coleção Processo Civil Moderno.

* * *

Os candidatos que responderam com a peça “mandado de segurança” terão a prova recorrigida. O resultado preliminar será divulgado no dia 15 de abril.

A OAB informou que o prazo para a interposição das novas razões recursais contra o novo espelho elaborado pela banca será das 12 horas do dia 16 de abril até as 12 horas do dia 19 de abril. O resultado definitivo com os nomes dos aprovados será publicado no dia 26 de abril de 2013.

A publicação do resultado definitivo continua mantida para esta sexta-feira, dia 5, com os nomes de todos os aprovados no 9º Exame de Ordem Unificado, incluindo os examinandos da área de Direito Constitucional que já obtiveram nota igual ou superior a 6,0 pontos, segundo a OAB.

Fonte: Estadão, por Paulo Saldaña.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s